O MELHOR MOMENTO

O MELHOR MOMENTO

O melhor momento é agora! Não deixe para daqui a pouco, qualquer dia, amanhã ou para o próximo sábado. Colocar sempre à frente o melhor momento, pode nunca chegar. Obstáculos podem desviar essa intenção, distrações não vão faltar ao longo desse caminho. Então, se deseja mesmo algo procure fazer hoje, agora mesmo. É mais ou menos como aquela foto que a gente não bateu em determinado momento. Não volta mais; não se repete, nem muito menos se repete igualzinha. Perdeu!! Esperar que a saúde melhore... a experiência já me mostrou que é perda de tempo, especialmente aos que como eu contam com certa idade a lhe pesar nos ombros. Neste caso, sai uma coisa, mas já entra outra. Manter a motivação, a determinação, são ingredientes que valem ouro. Sei que não é possível ser otimista o tempo todo. Sei que acontecimentos, quer sejam do dia a dia ou inesperados, são testes que não acabam. Pessoas nos influenciam constantemente. Por outro lado, convém que aprendamos a ver as coisas sob o ponto de vista alheio, bem como convém tratarmos com idéias opostas às nossas, convém também cedermos em prol da realização de algo e dessa forma firme seremos sempre produtivos. Através de dificuldades, tais...

ler mais
EXERCÍCIOS ESOTÉRICOS

EXERCÍCIOS ESOTÉRICOS

Muitos que estudam o esoterismo, preocupam-se com os possíveis riscos que possam envolver a prática dos exercícios que lhe são propostos, ou mesmo, que tenham lhes despertado grande interesse. Isso pode ocorrer principalmente aos autodidatas. Primeiro, é preciso lembrar que correr risco é relativo. Assim, não se pode falar, de forma lógica, que qualquer coisa é arriscada em si mesma, exceto em relação à pessoa praticante. Segundo, tudo o que fazemos na vida comporta um certo elemento de risco. Caso não houvesse nenhum risco nessa atividade (exercícios esotéricos) então o retorno, ou seja, o resultado, seria negligenciável em importância criativa. A recompensa é sempre proporcional ao esforço empregado, e o esforço requerido é sempre proporcional ao feito relativo. A vida, em sua totalidade, é um processo incessante de aprendizagem através de experiências acumuladas, que quando as vemos retroativamente assemelham-se a enganos. É preciso então, estarmos prontos para irmos adiante ousadamente, porém, não imprudentemente rumo ao futuro. Precisamos estar prontos para experimentar aquilo que necessitamos experimentar. Por outro lado, assumirmos maior risco do que se pode manejar com...

ler mais
LUGARES INCRÍVEIS – PARTE II

LUGARES INCRÍVEIS – PARTE II

Meu apartamento. Localiza-se no centro da minha cidade de Curitiba. Na ocasião que o comprei, foi como um sonho realizado. Fiquei encantada e obcecada por ele. Tinha que ser meu! E é! Até a pouco tempo esse espaço abrigava também meu consultório, onde eu atendia as pessoas que me procuravam na área da parapsicologia. Lugar delicioso, solitário, silencioso, onde eu entro e quero ficar. Fico sorvendo os benefícios da energia que ainda paira no ar. Lembranças de meus clientes e amigos que ali abriram seu coração e depositaram em mim sua confiança, expectativas e esperança de que ali encontrariam o que buscavam fervorosamente, ardorosamente. Durante muitos anos dediquei-me a isso e espero ter feito a diferença, senão para todos, da maioria, em suas vidas. Meu refúgio. Meu porto seguro, ouso pensar assim. Aqui no meu apartamento, sou só eu comigo mesma. Nada compartilho; não é necessário. Casa do meu filho. Longe, muito longe. Literalmente há um oceano entre nós. Um outro país vê diariamente o sorriso do meu filho e de sua família. Sua família é formada por sua esposa e um casal de filhos. A menina veio primeiro. Ela é a minha perdição; amo-a tanto que chega a doer. Ela chegou neste...

ler mais
LUGARES INCRÍVEIS – PARTE I

LUGARES INCRÍVEIS – PARTE I

Há dias tenho esse tema em minha mente: lugares incríveis. Preciso desenvolver, mas as palavras iniciais não vem e muito menos as sequências. Isso fica a atormentar-me. E como não saiu da minha cabeça ... agora estou tentando delinear os primeiros passos. Pois bem, se num primeiro momento não queria vir palavras, o que dizer de uma frase e de um parágrafo. Aqui estou eu teimando encima deste tema. Então, pensei: vou começar a colocar palavras na minha aflição em não encontrar as palavras. Aí está! Já é um começo. Lugares incríveis: com certeza vieram três à minha mente. De maneira forte, não deixando dúvida alguma; três foram os eleitos. Senti-me um viandante, meio perdido, meio não. Quando a gente acha que está quase perdido, na verdade, já está totalmente perdido. Nesse meio tempo, em uma jornada mental, meu pensamento me levou por um caminho bem interessante. Pensei em um deserto. Fisicamente nunca estive em um deserto. As informações que tenho são de filmes e de outros meios de comunicação. Sabe-se que é uma porção imensa de areia, muita areia. É quente, muito quente durante o dia. Frio à noite, muito frio. Vento e tempestades de areia. Esses elementos naturais fustigam o...

ler mais
VENCER É SER VOCÊ – PARTE II

VENCER É SER VOCÊ – PARTE II

Discorrendo sobre nossos antepassados trogloditas, diz o autor, que quando levavam um susto ou corriam perigo, a adrenalina acelerava seus batimentos cardíacos, exatamente como hoje ainda acontece com o homem moderno. O sangue fluía para as extremidades, e qualquer sensação de dor, fome ou cansaço desaparecia de imediato. Em segundos, ficavam física e mentalmente preparados para fugir ou lutar pela vida. De forma bem humorada o autor continua. ... Vejamos algumas reações físicas e mentais que hoje não servem para nada, mas que continuamos experimentando: . Aumento exagerado dos batimentos cardíacos, antes de uma entrevista de emprego, ou quando somos criticados. Temos essa reação porque antecipamos uma situação crítica, como aquela que enfrentávamos na savana diante de um desafio. . Suor frio, antes de uma reunião importante ou de uma competição esportiva. Essa também é uma reação semelhante a ter de lidar com uma dificuldade iminente, como faziam nossos antepassados. . Estado de alerta imediato; explosão de raiva; excitação sexual; comer exageradamente. Assim como nossos ancestrais lutavam muito para conseguir alimento, precisavam comer rápido e a  maior quantidade possível;...

ler mais
PortugueseEnglishFrenchGermanSpanish

LEMBRETE

Não vá embora sem deixar seu comentário. Como vou saber que me visitou?

EU SOU DALVA HELVIG NIKOLAK

Falar da gente mesmo parece não ser uma das tarefas mais fáceis, mas para VOCÊ  que ficou interessado(a) em meu trabalho, vou me desvendar um pouco e contar como penso.
Sou DALVA Helvig Nikolak, nasci no dia 31 de dezembro de 1950, em Curitiba-PR, Brasil.
Autora do livro TARDE DEMAIS.  TARDE DEMAIS é uma experiência vivida em vidas passadas.
Pois bem, sou Parapsicóloga, com curso de Pós-Graduação na Faculdade Integradas Espírita de Curitiba – Pr., em 1989.

Leia mais…

LIVRO “TARDE DEMAIS”

ARQUIVOS

PENSAMENTO DO DIA

Hoje
“ Ao amanhecer todas as confusões de ontem são coisas do passado.
Hoje iniciou-se um novo dia, um dia que nunca existiu. “
Edward Bach

MEDITE BRINCANDO. É SÉRIO!

ASSINE MINHA NEWSLETTER

news

LIVROS QUE LI E RECOMENDO

livro-ave-cristoAVE, CRISTO!

“Ave, Cristo! Os que vão viver para sempre te glorificam e saúdam!”Esse sublime estandarte, que centenas de almas radiantes seguravam no mundo espiritual, mártires do Cristianismo encontravam após os…

livro-renunciaRENÚNCIA

Em que constelação permaneceria Alcione, a alma de sua alma, vida de sua vida? A doce Alcione pede para voltar à Terra e acompanhar o grande amor de seu passado. Carlos, numa nova existência de…

livro-cinquenta-anos-depoisCINQUENTA ANOS DEPOIS

Somente os séculos de trabalho e de dor poderão anular os séculos de egoísmo, orgulho e ambição que nos conduziram à iniquidade! Passados cinquenta anos de sua trajetória como o senador Públio…

livro-ha-2000-anosHÁ 2000 ANOS…

Que são os milênios no relógio da Eternidade? A humildade do Espírito Emmanoel nos proporciona esta narrativa da existência carnal em que foi o orgulhoso senador romano Públio Lentulus e obteve…

livro-paulo-e-estevaoPAULO E ESTEVÃO

O Mestre chama-o, da sua esfera de claridades imortais. Paulo tateia na treva das experiências humanas e responde: –  Senhor, que queres que eu faça? Depois de sete décadas de existência, o romance…