caminhos

    Eterno dilema; eterna divisão, sempre atual. Mais um grande desafio.
    Andamos pela vida, por vezes alegres por vezes aos tropeços.
    Sempre há mais de um caminho para se chegar ao mesmo lugar.
    Plano “A” e plano “B” deve estar nos nossos planos.
    Esta é uma questão que pode abalar o mais simplório dos mortais e até (eu acho) alguns imortais do mais alto gabarito.
    Ser eu mesma(o) ou ser o que o outro espera que eu seja?
    Existo de acordo com os meus padrões, ou procuro atender as expectativas alheias?
    Tudo na vida se baseia em escolher e tomar decisões; quando se escolhe alguma coisa, pode estar implícito que se vai abrir mão de outra.
    Ação e Reação, a Lei natural é implacável.
    Quem tem consciência dela, tende a escolher e decidir sabiamente, de modo que a evolução da nossa existência seja pródiga.
    Grande interrogação!
    Agir ou não agir?
    Interferir quando se tem argumentos preciosos, ou calar, deixar que a Natureza escolha o melhor caminho e a melhor solução?
    Lembre que o peso da responsabilidade sempre está atrelado às escolhas e às decisões.

peso da responsabilidade 1peso da responsabilidade 2

  Pensar e após repensar, daí então escolha e decida, não deixe que o dito “peso” te confunda. É mais fácil carregar o peso quando é você quem decide.
    Quantas e quantas vezes queremos ficar alheios, vazios até, frente a um grande momento; aquele que gostaríamos não existisse, não tomássemos conhecimento e nem nos impusesse tal condição.
    E as outras vezes que escolhemos e decidimos, porém não foi a melhor escolha, nem tampouco a melhor decisão. Aí está o tal do peso.
    Puxa vida! Por outro lado, tem as coisas fora do nosso alcance; quando percebermos que é assim, basta “jogar para o Alto” e esperar, e confiar.
    Constantemente, a todo instante mesmo, nos deparamos com novas escolhas e decisões, uma vai se sobrepondo a outra, interminavelmente.
    O que era uma hora atrás, em um rápido instante pode mudar tudo; posso agir tão grandiosamente que isso altera completamente o estado anterior. Aí está a evolução.

 bandeira brasil zero

    Vamos novamente vestir a camisa verde e amarela.
    Verde e amarelo, as cores que eternizam e simbolizam a devoção ao Brasil, nosso país.
    Vamos tirar a bandeira que está guardada, porém não esquecida, no baú; segurar seu mastro e orgulhosamente, deixar tremular ao vento.
    É o momento de fazermos uma pausa dos conflitos, dos problemas que assolam nossa nação nos dias de hoje. Não vamos nos esquecer deles nem menosprezá-los, pelo contrário, é só uma pequena pausa.
    Uma pausa para nos dedicarmos a amá-Lo, intensamente, mais uma vez.
    Se você já parou para pensar, ou não, registre o que vou falar agora:

familia verde e amarelo2

    O país parece que exerce um papel de mãe.
    Quando somos pequenos, crianças, queremos e recebemos aconchego, proteção, ... e quando crescemos, adultos, nós é que queremos retribuir na mesma moeda, dando carinho, amor e proteção.
   Assim é, parece ser, o papel de uma família pequena e outra, imensa. O sentimento porém, dá a impressão que é igual: receber e dar.
    Nesses dias de euforia em que estaremos de braços dados com nossa Seleção, devemos lembrar do compromisso que breve virá com as Eleições de 2018.
    Os políticos que nos aguardem, porque em outubro deste ano de 2018, ergueremos nossa voz para, novamente, mostrarmos nas urnas o nosso amor pelo Brasil. Desta vez, espero que cada brasileiro escolha, sabiamente, o mais digno dentre todos os candidatos.
    Infortúnios à parte, a camisa verde e amarela é e continua sendo símbolo de amor pelo Brasil.

casal mistico seis

    A construção da felicidade real não depende do instinto satisfeito. A permuta de células sexuais entre os seres encarnados, garantindo a continuidade das formas físicas em processo evolucionário, é apenas um aspecto das multiformes permutas de amor.
    O cativeiro nos tormentos do sexo não é problema que possa ser solucionado por literatos ou médicos a agir no campo exterior; é questão da alma, que demanda processo individual de cura e sobre esta, só o espírito resolverá no tribunal da própria consciência.

espirito 1espirito 3

    Os escravos das perturbações do campo sensorial só por si mesmos serão liberados, isto é, pela dilatação do entendimento, pela compreensão dos sofrimentos alheios e das dificuldades próprias, pela aplicação, enfim, do “amai-vos uns aos outros.”
    Na Terra, os psicologistas encarnados, em número considerável, esposaram os princípios freudianos como bases de investigação dos distúrbios da alma. Para o grande médico austríaco, quase todas as perturbações psíquicas se radicam no sexo desviado. Alguns discípulos dele modificaram-lhe algo as teorias.
    Os movimentos da psicologia analítica, chefiados por Freud e por duas correntes distintas de seus colaboradores, centralizou o ensino no impulso sexual, conferindo-lhe caráter absoluto, enquanto as duas correntes de psicologistas, inicialmente filiadas a ele, se diferenciaram na interpretação.
    A primeira estuda o anseio congênito da criatura, no que se refere ao relevo pessoal, enquanto a segunda proclama que, além da satisfação do sexo e da importância individualista, existe o impulso da vida superior que tortura o homem terrestre mais aparentemente feliz.
   Para os estudiosos essencialmente freudianos, todos os problemas psíquicos da personalidade se resumem à angústia sexual; para grande parte de seus colaboradores, as causas se estendem à aquisição de poder e a idéia de superioridade.
    As três escolas se identificam, todas elas portadoras de certa dose de razão, faltando-lhes, todavia, o conhecimento básico do reencarnacionismo.
    Não podemos afirmar que tudo, nos círculos carnais, constitua sexo, desejo de importância e aspiração superior; no entanto, podemos assegurar que tudo na vida é impulso criador. Todos os seres que conhecemos, do verme ao anjo, são herdeiros da Divindade que nos confere a existência e todos somos depositários de faculdades criadoras.

mulher mae   homem pai 1homem pai 2

   O trabalho paciente dos milênios transformou essas relações.
   A mulher-mãe e o homem-pai deram acesso a novos sopros de renovação do espírito. Com base nas experiências sexuais, a tribo converteu-se na família, a taba no lar, a defesa armada cedeu ao direito, a floresta selvagem transformou-se na lavoura pacífica, a barbárie ergueu-se em civilização, o grito elevou-se ao cântico, e, estimulada pela força criadora do sexo, a coletividade humana avança, vagarosamente porém, para o supremo alvo do divino amor.
   Desejo, posse, simpatia, carinho, devotamento, renúncia, sacrifício, constituem aspectos dessa jornada renovadora. Por vezes, a criatura demora-se anos, séculos, existências diversas de uma estação a outra. Raras individualidades conseguem manter-se no posto da simpatia, com o equilíbrio indispensável. Poucas se libertam da posse sem duelos cruéis com os monstros do egoísmo e do ciúme.
   Assim como se submete o diamante ao disco do lapidário, para atingir o pedestal da beleza, assim também o instinto sexual, há que dobrar-se aos imperativos da responsabilidade, à disciplina e aos ditames da renúncia.
    Estas conclusões, não nos devem induzir a programas de santificação compulsória no mundo carnal. Nenhum homem conseguiria negar a fase da evolução em que se encontra. A Natureza nos ampara sempre, tanto mais forte quanto mais decidido é o nosso propósito de progredir na direção do Bem Supremo.
    Devido a incompreensão sexual, incontáveis crimes campeiam na Terra, determinando estranhos e perigosos processos de loucura, em toda parte. Muitos obstinam-se a conservarem deprimentes estados psíquicos. O ciúme, a insatisfação, o desentendimento, a incontinência e a leviandade alastram terríveis fenômenos de desequilíbrio.
    Não solucionaremos tão complexo problema do mundo simplesmente à força de intervenção médica, embora seja admirável a contribuição da ciência no terreno dos efeitos, sem contudo atingir a intimidade das causas.
    A personalidade não é obra da usina interna das glândulas, mas produto da química mental.
    A endocrinologia poderá fazer muito com uma injeção de hormônios, para socorrer as coletividades celulares, mas não sanará lesões do pensamento.
    A genética poderá interferir nas câmaras secretas da vida humana, perturbando a harmonia dos cromossomos, no sentido de impor o sexo ao embrião, mas não atingirá a zona mais alta da mente feminina e masculina, que manterá característicos próprios, independente da forma exterior ou das convenções estatuídas.

perispirito espirito e corpo

    A medicina inventará mil modos de auxiliar o corpo atingido em seu equilíbrio interno, entretanto, compete a nós outros praticar a medicina da alma com o fim de amparar o espírito.

casal um

    ... e o palestrante desencarnado, com sinceridade, falava, simples:
    Examinando as causas da loucura (perda do juízo) entre individualidades, quer sejam encarnadas ou ausentes da carne, a ignorância quanto à conduta sexual é dos fatores mais decisivos.
    A incompreensão humana dessa matéria equivale a silenciosa guerra de extermínio e de perturbação, que ultrapassa de muito, as devastações da peste referidas na história da Humanidade. Vocês sabem que só a epidemia de bubões, no século VI de nossa era, chamada “peste de Justiniano”, eliminou quase cinquenta milhões de pessoas na Ásia e na Europa. Esse número expressivo constitui bagatela, comparado com os milhões de almas que as angústias do sexo dilaceram todos os dias.
    Agora que nos distanciamos das imposições da matéria, do corpo físico, diz o palestrante desencarnado, sem nos libertarmos contudo dos ascendentes fundamentais de suas leis, que ainda nos subordinam as manifestações, compreendemos que os enigmas do sexo não se reduzem a meros fatores fisiológicos. Não resultam meramente de estrutura celular, que caracterizam os órgãos genitais masculinos e femininos, que na verdade são idênticos substancialmente, diferenciando-se unicamente na maneira de nos expressarmos em relação a eles. Aí residem forças procriadoras dominantes, atendendo aos estatutos da natureza terrestre, reguladores da vida física; em contra partida, temos na inquietação sexual, a ocorrência de fenômeno peculiar à nossa mente, que nos leva a progredir para zonas superiores da evolução.
    A despeito das novas conquistas do direito no mundo, em nome de princípios regeneradores, ainda hoje, no entanto, o cativeiro da ignorância no campo sexual, continua escravizando milhões de criaturas.

Subcategorias

Página 1 de 6

ptenfrdees

Lembrete

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Não vá embora sem deixar seu comentário. Como vou saber que me visitou?

Eu sou Dalva Helvig Nikolak

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

    Falar da gente mesmo parece não ser uma das tarefas mais fáceis, mas para VOCÊ  que ficou interessado(a) em meu trabalho, vou me desvendar um pouco e contar como penso.
    Sou DALVA Helvig Nikolak, nasci no dia 31 de dezembro de 1950, em Curitiba-PR, Brasil.
    Autora do livro TARDE DEMAIS.  TARDE DEMAIS é uma experiência vivida em vidas passadas.
    Pois bem, sou Parapsicóloga, com curso de Pós-Graduação na Faculdade Integradas Espírita de Curitiba - Pr., em 1989. 

Leia mais...

Livro "Tarde Demais"

livro

Pensamento do dia

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Escolhas
“Viver é isto: ficar se equilibrando o tempo todo entre as escolhas e as consequências.”
              Jean Paul Sartre

 

Medite Brincando. É sério!

Assine Nossa Newsletter

Nome
E-mail *
 
 
 

Livros que li e recomendo

Ave, Cristo! Thumbnail

"Ave, Cristo! Os que vão viver para sempre te glorificam e saúdam!"Esse sublime estandarte, que centenas de almas radiantes seguravam no mundo espiritual, mártires do Cristianismo encontravam após os...

Renúncia Thumbnail

Em que constelação permaneceria Alcione, a alma de sua alma, vida de sua vida?A doce Alcione pede para voltar à Terra e acompanhar o grande amor de seu passado. Carlos, numa nova existência de...

Cinquenta anos depois Thumbnail

Somente os séculos de trabalho e de dor poderão anular os séculos de egoísmo, orgulho e ambição que nos conduziram à iniquidade!Passados cinquenta anos de sua trajetória como o senador Públio...

Há 2000 anos ... Thumbnail

Que são os milênios no relógio da Eternidade?A humildade do Espírito Emmanoel nos proporciona esta narrativa da existência carnal em que foi o orgulhoso senador romano Públio Lentulus e obteve...

Paulo e Estêvão Thumbnail

O Mestre chama-o, da sua esfera de claridades imortais. Paulo tateia na treva das experiências humanas e responde: -  Senhor, que queres que eu faça?   Depois de sete décadas de existência, o romance...